Registar agora

Receba €1000 em bônus

1° Depósito: Bônus até 100% • 2° / 3° Depósito: Bônus até €400 • Apenas para novos clientes •  Depósito Mín. €10  •  Requisito de Apostas: 70x 

Termos da Promoção

Registrar-se

Conheça as grifes mais conhecidas da Suécia

A Suécia, assim como outros países escandinavos, possui um estilo fashion bastante característico, o qual é apreciado em várias partes do mundo. Com peças minimalistas, que misturam os conceitos casual e chique, a moda sueca vem atraindo um número cada vez maior de admiradores, o que tem sido excelente para as marcas de roupas do país. A partir desse tema, temos a seguir um breve resumo com as principais grifes suecas que estão se destacando atualmente no mundo da moda.

1. Acne Studios

Acne StudiosFonte: Flickr.com - Robert Sheie

A Acne Studios é uma marca de roupas e acessórios para homens e mulheres, criada no final dos anos 90. No início, a grife começou vendendo peças jeans, mas o sucesso crescente fez com que a Acne Studios ampliasse a sua linha para outros tipos de roupas, além de sapatos e acessórios como bolsas e óculos escuros. Atualmente, a grife conta com lojas nos maiores centros urbanos do planeta, incluindo Londres, Nova York, Paris, Tóquio e Berlim, sendo reconhecida por seu estilo refinado e ainda assim descontraído.

2. Filippa K

Idealizada em 1993 por Filippa Knutsson e Patrik Kihlborg, a grife rapidamente se tornou febre na Suécia por criar peças básicas e que nunca saem de moda, com um estilo moderno e descomplicado. Desde o seu início, a marca ainda adotou a estratégia de lançar coleções cápsula ao longo do ano, as quais foram bem recebidas pelo público por terem peças muito versáteis, que funcionam tanto para o dia a dia, como também para noites

Guy sittingFonte: Pexels.com - Alexandro David

elegantes em um cassino.

3. Tiger of Sweden

Hanging clothesFonte: Pexels.com - Artem Bali

A Tiger of Sweden é uma das marcas mais tradicionais da Suécia, criada em 1903, na cidade de Uddevalla. Por muitos anos, a grife se especializou na venda de artigos e peças masculinas, mas nos dias de hoje também existe uma linha de itens femininos da marca. Com lojas por toda a Europa, além do Canadá e da África do Sul, a Tiger of Sweden reformulou a sua identidade visual ao longo do tempo, deixando de ter um estilo unicamente tradicional para adotar um viés mais urbano e casual.

4. Eytys

Apesar de ser uma grife relativamente nova, com sua primeira coleção lançada em 2013, a Eytys conquistou um público fiel com seus calçados urbanos e cheios de personalidade. Recentemente, a marca decidiu expandir sua linha de produtos para calças jeans, mochilas, bagagens e capas para eletrônicos, aproveitando o grande interesse do mercado por produtos da grife. Além disso, a Eytys também já demonstrou interesse em criar linhas de produtos mais acessíveis, e por isso anunciou no início de 2019 que irá lançar uma campanha em parceria com a rede varejista H&M.

5. Stutterheim

Inspirada no estilo vintage do início do século XX, a Stutterheim é uma marca de casacos de chuva, criada por Alexander Stutterheim, em 2010. Todos os modelos da grife são fabricados com tecidos à prova d'água, com o intuito de criar casacos que sejam igualmente atraentes e funcionais. A primeira coleção da grife possuiu apenas 200 peças únicas, as quais foram vendidas pelo próprio Alexander em seu apartamento. Após o feedback positivo e a demanda por novas coleções, a grife foi crescendo até se tornar uma das maiores da Suécia nesse estilo de roupa.

Registrar-se
Saiba por onde andam os atores de Barrados no Baile Como são os jogos de cassino em VR