Registar agora

Receba €1000 em bônus

1° Depósito: Bônus até 100% • 2° / 3° Depósito: Bônus até €400 • Apenas para novos clientes •  Depósito Mín. €10  •  Requisito de Apostas: 70x 

Termos da Promoção

Registrar-se

Estratégias de Texas Hold’em e como ganhar no jogo

cartas de baralho espalhadas em uma mesaFonte: Oleg Magni

Ao contrário do que muitos imaginam, o jogo de pôquer Texas Hold’em não é tão complicado assim, sendo possível dominar o game após compreender suas regras básicas e aprender a tomar decisões ao longo de uma partida. Como não depende unicamente da sorte, o jogo também é diretamente influenciado pela astúcia dos apostadores, e se estes conseguem ser bem-sucedidos em blefar e aproveitar ao máximo o potencial de suas cartas.

Portanto, para se aprimorar no Texas Hold’em, a seguir estão algumas estratégias essenciais desse jogo de cassino.

1) Estratégia do semiblefe

Essa estratégia defende que, ao invés de ficar esperando somente pelo aparecimento da carta que está faltando para fazer uma boa combinação, o jogador assuma o controle da mão e recolha o pote, mesmo que a carta esperada por ele não tenha aparecido. De forma simplificada, o semiblefe consiste em apostar ou ampliar uma aposta mesmo que a mão ainda esteja incompleta. Isso só não é considerado um blefe absoluto porque é feito quando uma mão demonstra o potencial de melhorar com a virada da quarta ou da quinta carta.

Ao tomar a atitude de aumentar a aposta nesse caso, o jogador passa a ter duas formas de ganhar, a primeira caso a carta que esteja esperando apareça, o que será o bastante para criar uma ótima combinação, e a segunda caso os oponentes desistam ao acreditar nesse semiblefe. Vale destacar que, assim como em várias jogadas de pôquer, o semiblefe tem mais chances de funcionar para os apostadores que sentam em uma posição de destaque na mesa.

2) Estratégia de jogar devagar

“Jogar devagar” é uma estratégia de pôquer na qual o jogador deve disfarçar a potência da sua mão, ao invés de exagerá-la. Quando aprendem a jogar Texas Hold’em, muitos apostadores acreditam que a única forma de vencer é através de uma estratégia maia agressiva, só que essa nem sempre é a alternativa mais indicada.

Esse jogo feito de modo mais lento pode funcionar melhor quando se está apostando em uma mesa formada por oponentes mais agressivos, especialmente contra adversários que mostrem ser agressivos no pré-flop. Quando se tem o conhecimento de que um oponente joga de forma agressiva até mesmo com mãos fracas, o jogo lento é uma boa opção, inclusive quando o pote é pequeno, ou “shorthanded”, pois nesse caso, os jogadores com mãos perdedoras sáo atraídos a optares pelo showdown.

3) Estratégia do jogo agressivo justo

O estilo agressivo no pôquer é possivelmente a estratégia de Texas Hold’em mais ensinada aos que estão iniciando no jogo, pois é uma das mais simples. No caso da agressividade “justa”, esta deve ser aplicada quando o apostador acredita que a sua mão é mais forte que de seus adversários. Com isso, o jogador deve ser seletivo sobre quais cartas levar para o flop, e a partir de então, apostar de forma agressiva quando chegar lá.

Essa acaba sendo uma boa maneira de convencer o adversário a desistir, pois ai jogar de forma agressiva na maioria das vezes tendo mãos fortes garante uma grande credibilidade na mesa, fazendo com que os oponentes tenham mais cautela antes de levar o jogador ao showdown.

Cartas de baralho e fichas de pôquerFonte: Pixabay

Dicas de como ganhar com o jogo

Para evitar cometer os mesmos erros repetidamente, e em alguns casos de maneira inconsciente, os iniciantes em Texas Hold’em devem se atentar a alguns detalhes importantes. Logo abaixo estão algumas dicas e sugestões do que fazer e não fazer na mesa de pôquer.

  • Não pense apenas a curto prazo

Muitos apostadores ao fazer uma jogada correta, mas eventualmente perder o pote, começam a duvidar de si mesmos. Porém, apesar de ser ótimo vencer uma partida, em alguns casos a derrota é inevitável e acontece mesmo que o jogador tenha tomado as melhores decisões possíveis ao longo do jogo.

Desse modo, para não cair nesse erro, é fundamental ter em mente que o pôquer é um jogo de longo prazo. É possível que mesmo jogando certo, um apostador acumule mais derrotas do que vitórias ao longo de um dia, uma semana ou até mesmo um mês. Isso pode acontecer pois a sorte tem uma influência maior quando se trata de curto prazo. No entanto, a longo prazo, os jogadores sem técnica e que dependem unicamente da sorte vão perder muito mais, enquanto os bons jogadores, que aproveitam bem a sua experiência de jogo e estão se aperfeiçoando constantemente, irão vencer bem mais.

  • Jogue pensando com a razão e não com a emoção

Os jogadores iniciantes precisam assimilar o mais cedo possível que o pôquer não e um jogo que envolve emoção, e sim probabilidade, matemática e racionalidade. A confiança em uma mão deve partir das chances que a mesma possui de ganhar, e não porque o jogador está se sentindo com sorte naquele dia, por exemplo.

Além disso, é importante manter as emoções sob controle para não se abalar após uma sequência de derrotas, por exemplo. Para tomar boas decisões ao longo do jogo, o apostador deve estar com a cabeça no lugar e os sentimentos muito bem controlados e fora da mesa de Texas Hold’em.

  • Não tente blefar de forma indiscriminada

Essa é provavelmente a principal dica que um jogador experiente no pôquer pode dar para aqueles que estão começando. Admitir que não tem chance alguma de vencer com sua mão atual, a menos que os oponentes desistam, é uma habilidade importante e inteligente para qualquer jogador de Texas Hold’em. Contudo, blefar nessa situação mesmo sem ter qualquer indício de que o adversário está disposto a abrir mão do pote, simplesmente não vale a pena. Isso significa que, até para blefar, é preciso ter certo critério.

Registrar-se
Flerte nas bibliotecas das universidades Mais um jogo que promete