Registar agora

Receba €1000 em bônus

1° Depósito: Bônus até 100% • 2° / 3° Depósito: Bônus até €400 • Apenas para novos clientes •  Depósito Mín. €10  •  Requisito de Apostas: 70x 

Termos da Promoção

Registrar-se

Saiba quem é Alexandria Ocasio-Cortez

Alexandria e outros representantes; Spin Palace BlogFonte: ASSOCIATED PRESS/J. Scott Applewhite

Um dos nomes mais importantes entre as mulheres que protagonizam atualmente a política norte-americana, a congressista Alexandria Ocasio-Cortez tem se destacado por sua agenda progressista e é considerada por muitos como o futuro do Partido Democrata, assim como os jogos caça-níqueis online prometem ser o futuro dos cassinos.

A origem da congressista

Nascida no Bronx, um bairro de classe média baixa de Nova York, Alexandria Ocasio-Cortez tem apenas 29 anos e é descendente de uma família de porto-riquenhos. Formada em Relações Internacionais e Economia pela Universidade de Boston, a jovem começou a dar os seus primeiros passos na política em 2016, quando participou ativamente da campanha de pré-candidatura de Bernie Sanders, que concorreu a indicação do Partido Democrata contra Hillary Clinton.

Em 2018, Alexandria se candidatou ao Congresso pelo 14º distrito de Nova York, que representa as vizinhanças do Bronx e Queens, em uma campanha financiada inteiramente por doações. Para a surpresa de muitos, ela superou seu experiente colega de sigla, Joseph Crowley, nas primárias do Partido Democrata, e nas eleições, venceu novamente, dessa vez contra o candidato do Partido Republicano. Com um discurso de defesa as minorias e a favor da imigração, Alexandria Ocasio-Cortez se autointitula como socialista democrática, e pertence a uma ala mais progressista dentro de seu partido.

As propostas de Alexandria Ocasio-Cortez

Entre as pautas defendidas pela congressista democrata, está a implantação de um imposto de renda de até 70% para aqueles que possuem renda superior a US$ 10 milhões, proposta que vem ganhando apoio nos últimos meses, inclusive do vencedor do Prêmio Nobel de Economia, Paul Krugman. Outra proposta defendida por Alexandria Ocasio-Cortez é a introdução do “Green New Deal”, um ambicioso plano ambiental que vislumbra estimular as empresas a eliminar suas emissões de carbono, apostando ao invés disso em energia sustentável.

Alexandria Ocasio-Cortez falando com Kerri Evelyn Harris em New York; Spin Palace BlogFonte: Corey Torpie

E como não poderia deixar de ser, tendo em consideração o histórico familiar de Alexandria, a democrata também é uma forte defensora do fim da polícia de fronteira dos Estados Unidos, sendo uma das principais vozes contrárias a forma como o governo norte-americano está lidando com os imigrantes que cruzam a fronteira ilegalmente e são retidos em condições desumanas.

Apesar dos Estados Unidos ser um país onde a expressão “socialista” ainda é muito associada as temidas “ditaduras comunistas”, o fato de Alexandria Ocasio-Cortez se autoproclamar como socialista democrática não afetou o grande apoio que a congressista vem recebendo. Para se ter uma ideia, o primeiro discurso da democrata no plenário do Congresso rendeu recordes de audiência ao canal C-SPAN, que é a emissora responsável por transmitir os debates da Câmara no país.

Na internet, a força de Alexandria Ocasio-Cortez também impressiona, pois de acordo com um relatório do site Axios, o volume de interação e engajamento obtido pela congressista no início de 2019 em suas redes sociais foi superior a qualquer outro membro do Partido Democrata, até mesmo que o ex-presidente Barack Obama, e entre os republicanos, Alexandria só perde para o presidente Donald Trump em engajamento nas redes.

Polêmica recente envolvendo o presidente Donald Trump

No início do mês de julho, uma nova polêmica tomou conta dos jornais e noticiários norte-americanos quando o presidente Donald Trump postou em suas redes sociais que Alexandria Ocasio-Cortez e outras três deputadas progressistas do Partido Democrata, deveriam voltar para os seus “países de origem”, pois estavam “tumultuando” o Congresso. 

Apesar de não ter citado claramente o nome das congressistas, a imprensa logo identificou que esses eram os alvos do presidente pois as quatro democratas são fortes críticas do atual governo e, recentemente, se desentenderam com Nancy Pelosi, líder democrata e presidente da Câmara dos Representantes, devido a uma suposta relutância de Pelosi em dar início ao processo de impeachment contra Trump.

O Capitólio em Washington DC; Spin Palace blogueFonte: pogo_mm

Donald Trump foi além em suas críticas e ironizou, afirmando que era “interessante” acompanhar deputadas democratas progressistas, vindas de países com governos ineptos e corruptos, querendo decidir como os Estados Unidos, a nação mais poderosa do planeta, deveria ser administrada. Segundo ele, essas deputadas deveriam voltar para os seus países e aplicar suas ideias para tentar transformá-los e torná-los lugares melhores.

As palavras do presidente não foram bem recebidas por boa parte da população, que classificou os comentários de Trump como xenófobos e racistas. Além disso, entre as quatro deputadas criticadas por ele, três delas, incluindo Alexandria Ocasio-Cortez, são nascidas nos Estados Unidos e, portanto, cidadãs norte-americanas com descendência estrangeira. A quarta deputada, por sua vez, é Ilhan Omar, nascida na Somália e refugiada desde 1997, que se tornou a primeira deputada americana de origem somali da história, eleita pela Câmara dos Representantes de Minnesota.

Em resposta as duras palavras proferidas pelo presidente, Alexandria Ocasio-Cortez declarou que Trump não aceita opiniões contrárias e que não abandonaria algo que ama, em alusão a sugestão feita por ele para que as deputadas deixassem o país. Meses antes, após a sua posse, Alexandria chegou a afirmar, em entrevista a emissora CBS, que Trump era racista e propagador de mensagens veladas que eram tradicionalmente proferidas pelos defensores de uma supremacia branca.

Registrar-se
Spin Palace Online e o Natal 4 mitos de cassino que você deve saber